Hitchcock, “Os Pássaros” e Bodega Bay

Acordar com o barulho dos passarinhos em Bodega Bay não parece ser a melhor maneira de começar o dia nesta cidade de mil habitantes na costa da Califórnia, a 110 km de San Francisco, nos EUA.

Acordar com o barulho dos passarinhos em Bodega Bay não parece ser a melhor maneira de começar o dia nesta cidade de mil habitantes na costa da Califórnia, a 110 km de San Francisco, nos EUA.

Acordar com o barulho dos passarinhos em Bodega Bay não parece ser a melhor maneira de começar o dia nesta cidade de mil habitantes na costa da Califórnia, a 110 km de San Francisco, nos EUA.

Afinal, pardais, corvos e gaivotas deram à região uma fama sinistra, ao se unirem para ataques mortais contra seus moradores num dos trabalhos mais geniais de Alfred Hitchcock.

Mas meio século já se passou e quase nada restou na cidade dos cenários de “Os Pássaros” (1963), além das paisagens bucólicas, muito mais ensolaradas que no filme sombrio, e as aves selvagens, que fogem dos poucos turistas que se aproximam.

O mercado Bodega Store funciona como um minimuseu Hitchcock. Foto by Fer Ezabella

Para ver o único prédio do filme que ainda existe, é preciso deixar o litoral e seguir para Bodega, a nove quilômetros de Bodega Bay, onde fica a casa usada no longa-metragem como a escola Potter.

No filme, a socialite Melanie (Tippi Hedren) visita a baía para dar um casal de passarinhos para a irmãzinha de um homem (Rod Taylor) que acabou de conhecer em San Francisco. Sua chegada dá início aos ataques das aves, inclusive contra as crianças da escola e frequentadores de um restaurante.

A casa, que funcionou como escola até 1962, estará aberta para visitas durante um festival em setembro para celebrar os 50 anos do filme.

Casa em Bodega, que, no filme, aparecia como sendo a escola Potter; o local será aberto à visitação durante um festival em 1 e 2 de setembro. Foto by Fer Ezabella

“Muita gente tinha medo de Hitchcock, acho que até mesmo Tippi. Mas ele era muito bom com os moradores locais, conversava com as crianças e dava autógrafos desenhando seu autorretrato. Ainda tenho o meu”, lembra o editor Merritt Clifton, 59, que foi figurante do filme quando criança, nas cenas da sala de aula, quando corvos esperam do lado de fora num trepa-trepa (que não existe mais).

Continua aqui

A igreja de Santa Teresa de Ávila, logo atrás da escola Potter, era frequentada por Hitchcock na época das filmagens. Foto by Fer Ezabella

Evento terá parada de sósias do cineasta e ‘escola’ aberta a turistas

Entre os dias 1º e 2 de setembro, será realizado em Bodega o B50, festival em homenagem ao meio século de “Os Pássaros”.

Além das visitas guiadas dentro da “ex-escola Potter”, haverá uma parada de sósias de Alfred Hitchcock e da atriz Tippi Hedren, ao som de uma banda militar.

Michael G. Fahmie, um dos patrocinadores do evento, diz ter uma “relação especial” com Hedren, hoje com 83 anos. A atriz, que também estrelou o longa do diretor “Marnie – Confissão de uma Ladra” (1964), costuma visitar a região uma ou duas vezes ao ano para levantar fundos para sua organização de preservação animal. Ela fará uma tarde autógrafos no hotel The Inn at the Tides, em Bodega Bay, em frente ao restaurante The Tides.

Michael G. Fahmie, dono da Bodega Store e um dos patrocinadores do festival B50. Foto by Fer Ezabella

“Toda vez que ela vem, nos encontramos para conversar e aproveito para tirar dúvidas de fãs”, explica Fahmie, que costuma atender na Bodega Store entre 200 a 300 pessoas nos finais de semana.

Em seu escritório, ao lado do mercado, há mais objetos da sua coleção, como uma pintura de um artista desconhecido usada para decorar a casa da professora (Suzanne Pleshette) que morre atacada por pássaros. Ele também tem desenhos de Edith Head (1897-1981), como figurinos de Hedren para o filme.

Também parte do festival será uma visita guiada à igreja de Santa Teresa de Ávila, logo atrás da escola Potter, eternizada numa fotografia de Ansel Adams em 1953 e frequentada por Hitchcock durante seu período na região.

Mais informações sobre o festival podem ser conferidas no site bodegabirds.com

Bodega Bay é minúscula, mas também tem lugares lindos para caminhadas, praias (frias..) e local para observação de baleias. Foto by Fer Ezabella

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s