As crianças (e as cobras) do Camboja

From March 10, 2012

Uma das primeiras regras marteladas na cabeça do turista ao chegar no Camboja é: não dê dinheiro às crianças.

Mães pobres colocam os filhos pra dançar, vender souvenir ou até mesmo carregar cobras para conseguir umas fotos em troca de uns trocados.

From March 10, 2012

Estas do post são da “vila flutuante” do lago Tonlé Sap, perto de Siem Reap. A “vila”, na verdade, são barcos. Gente que mora ali o ano todo. Tem escola fluante, igreja numa grande balsa, mercado etc.

Para quem já foi às “Isla Flotantes” do Peru, as de Siem Reap são um pouco decepcionantes.

É uma “pegadinhas de turista”, como este barco-mercado que fomos, com “quintal” de jacarés, souvenires e crianças com cobras de estimação.

É uma pobreza desgraçada. Sujeira para tudo quanto é canto. Nas margens do lago, até as árvores têm sacos plásticos nas copas (porque a água sobe bastante numa certa época do ano, mas quando desce, o lixo fica preso nos galhos…).

From March 10, 2012
From March 10, 2012

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s