A arte (plástica) de David Lynch

Até o dia 28 de maio, David Lynch expõe suas novas criaturas numa galeria de Los Angeles.

Chamo de criaturas porque as obras parecem ter vida própria: esculturas com luzinhas ou pinturas em três dimensões, com bonecos esquisitos como os personagens de seus filmes.

A galeria se chama William Griffin e fica difícil de achar sem um GPS.

Pior, depois que se chega ao número 2902 da Nebraska Avenue, em Santa Mônica, não dá para entender nada. Não há placa de galeria, nem sinal da exposição. Apenas um galpãozão cinza, feioso. Tem que ter cara de pau e abrir a porta pouco convidativa.

As fotos abaixo tirei do celular, meio toscas, é verdade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s