pequeno manifesto contra remakes

Não sou contra remakes, mas que tal refazer filmes que foram desastre de bilheteria só para variar um pouquinho?

Será que a geração de hoje é tão retardada assim que não vai sacar a genialidade de “O Bebê de Rosemary” de 1968?

Eu não sou de 68, nem dos anos 70, e eu adoro esse filme. Refazê-lo é uma perda de tempo/dinheiro/esforço coletivo.

Seja como for, a notícia é: Michael Bay, de “Transformers”, vai dirigir o remake com a atriz Carey Mulligan (“Educação”). A fonte original da notícia eu não lembro porque faz umas três semanas.

A gota d´água disso tudo, pra mim, foi saber hoje que há planos de remake para “Footloose” (1984).

É o filme da minha adolescência! E eu não curto musicais! Diabos, é como tentar refazer a Monalisa só porque ela envelheceu (ok, isso eu tirei do documentário “O Povo contra George Lucas”).

De acordo com a Variety, o diretor Craig Brewer (“Ritmo de um Sonho”, hein?) está substituindo Kenny Ortega no projeto. Ortega, pra quem não lembra, dirigiu “High School Musical” e o documentário post mortem do Michael Jackson.

Agora, quem faria o papel que foi de Kevin Bacon?

Se alguém falar Zac Efron, leva uma chinelada. Sério, é de chorar.

2 Respostas para “pequeno manifesto contra remakes

  1. é cara FER, a crise (mundial) de roteiro continua… Talvez os bons roteiristas estejam sobrecarregados com as séries televisivas. mais garantido “reutilizar ” uma história que já fez sucesso. para o novo KEVIN, além do ZAC, chutaria Shia LaBeouf. a galera gosta dele…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s